"Musa trágica da Revolução", no dizer de Carlos Drummond de Andrade, Patrícia Galvão, viva, de forma colorida e ao mesmo tempo dramática, nos guiará para uma das épocas mais efervescentes da vida cultural e política do País, por intermédio dessa incansável pesquisadora de Pagu, Lúcia Maria Teixeira Furlani, que desde 1988, se dedica ao resgate da memória de Patrícia Galvão. Mais...

Parque Industrial é publicado na França

O artigo de Clara Domingues foi publicado no site CHARYBDE em 2017, o livro Parque Industrial da Pagu foi publicado pela editora Le Temps des Cerises em 2016, o que mostra que o impacto dessa tradução não acabou simplesmente com a publicação, mas continua repercutindo na França. Charybde 27: le blog, billet du 15 juin 2017 […]

Mais...

FLIP – Feira Literária Internacional de Paraty, começa hoje

Semana da realização da Flip – Feira Literária Internacional, em Paraty e diante desse momento pensamos nos grandes nomes da literatura nacional, entre eles o de Patricia Galvão, a Pagu. Em 2010, a escritora Lúcia Maria Teixeira falou sobre Pagu na programação oficial desta Feira Literária Internacional, ressaltando a sua vida e obra, com apresentações multimidia. […]

Mais...