Livro Viva Pagu é destaque em reportagem da TV Tribuna

O evento Viva Pagu – Feira das Minas foi inspirado no livro da biógrafa de Pagu e presidente da Unisanta, Lúcia Teixeira.

Como forma de divulgar e estimular o empoderamento feminino, a edição do Jornal A Tribuna 1ª Edição, da TV Tribuna, emissora filiada à Rede Globo, desta última segunda-feira, 5/11, exibiu a reportagem sobre o evento Viva Pagu – Feira das Minas, com a entrevista da presidente da Universidade Santa Cecília (Unisanta) e biógrafa de Patrícia Galvão (Pagu), Lúcia Teixeira.

A escritora prestigiou o evento que aconteceu no último sábado, 3/11, e ganhou esse nome por inspiração em seu livro Viva Pagu – Fotobiografia de Patrícia Galvão. “O Livro Viva Pagu, que marcou o Centenário de Pagu, deu origem a várias iniciativas, fico muito feliz que é o nome desse seja evento também!”, falou Lúcia para os jornalistas.

Na oportunidade, os participantes da Feira puderam adquirir o livro, cujo preço é R$ 90,00, por R$ 45,00, em prol das atividades promovidas pelo Instituto Neo Mama, pois a renda arrecada com a venda do livro foi doado ao projeto.

Viva Pagu aborda, em 348 páginas, ricamente ilustradas, a vida e a obra de Patrícia Galvão (1910-1962), jornalista, militante política, incentivadora da cultura e mulher precursora.

Exibição do documentário Viva Pagu – Na programação da Feira, no Museu da Imagem de Som de Santos – MISS foi exibido o documentário Viva Pagu, também baseado na Fotobiografia de Lúcia Teixeira. Desenvolvido pelos profissionais do Espaço Unisanta, com a direção da jornalista, Alessandra Pereira, o filme tem cerca de 13 minutos de duração.

A autora – Lúcia Maria Teixeira é Mestre e Doutora em Psicologia da Educação, autora também  de “Pagu – Livre na imaginação, no Espaço e no Tempo”, “Croquis de Pagu”, “A Claridade da Noite” e dos infantis “Tudo É Possível” e “O Segredo da Longa Vida”, entre outros. É presidente da Universidade Santa Cecília e presidente do Centro de Estudos Pagu Unisanta (CEP), em Santos.

Sobre o CEP – O Centro de Estudos Pagu Unisanta, em Santos, reúne ao redor de 3000 arquivos originais e digitalizados sobre Patrícia Galvão, a grande maioria inéditos. Colabora assim para difundir para todo o país essa memória, da qual é o depositário.

O Centro foi fundado em 2005 pela escritora e pesquisadora Lúcia Maria Teixeira. Constitui-se de material resultante de pesquisa por ela iniciada em 1988, a partir de seu primeiro livro sobre Pagu, “Patrícia Galvão – livre na imaginação no espaço e no tempo” (Editora Unisanta, 1988), transformado depois em filme, em 2001, ganhador do prêmio Exu Jorge Amado, da Jornada Internacional de Cinema da Bahia (sob a direção de Rudá de Andrade e Marcelo Tassara), ao qual se seguiram obras como “Croquis de Pagu – e outros momentos felizes que foram devorados reunidos” (Unisanta/Cortez Editoras, 2004), que culminaram com a organização do maior arquivo existente no Brasil sobre Patrícia Galvão, o Centro de Estudos Pagu Unisanta.

Clique aqui e confira a reportagem.

16dez5_lt_jt1


Comentários desabilitados.